terça-feira, 31 de março de 2009

Idealismo



Sim sou idealista, o que pode parecer louco em maré de pragmatismo e descrença mundiais. No entanto, sei que se não fosse o Sonho de Luther King e Nelson Mandela ou o Amor de Ghandi e Madre Teresa de Calcutá, ainda que não tenham tornado o mundo num paraíso, tornaram-no um local melhor.

É bom que exista o idealismo e a vontade d'Ele, nem que seja para servir de antítese à civitas diaboli em que vivemos, e permita a realização de um Espírito, de um Geist, que nos faça progredir para um estágio melhor que o anterior.


imagem: 1st Place: Alanzo Moreno and Jonathan Bout, Damien High School, La Verne, CA

1 comentário:

Phoenix disse...

Também acho que é bom que exista idealismo. Nesta sociedade em que o idealismo parece estar em vias de extinção, é sempre bom que haja idealistas, por mais poucos que sejam.

Talvez a vontade desses poucos possa transformar este mundo, num mundo melhor, tal como Nelson Mandela o fez.

Por vezes, a vontade de uma única pessoa, pode mudar a opinião das outras pessoas à sua volta. Basta sonhar e força de vontade.

Muitas vezes põem-se, logo à partida, uma filosofia ou um idealismo, de parte, apenas porque parece uma loucura e completamente absurdo. No entanto era isso que diziam do Luther King, Nelson Mandela e do Ghandi e, apesar disso, eles mudaram o mundo. Apesar de terem sido considerados loucos na altura.